segunda-feira, 14 de abril de 2014

Fisco tem falta de meios - na investigação criminal


A Inspecão-Geral de Finanças (IGF) adverte que o Fisco tem falta de meios na área da investigação criminal, o que provoca um aumento do número de processos pendentes e um aumento dos tempos de investigação. Paralelamente, é reconhecida a eficácia dos sistemas de tratamento da informação e de análise de risco nas situações de incumprimento tributário. A auditoria não concretiza que meios escasseiam, mas podem ir desde a falta de funcionários à falta de material, por exemplo.
Numa auditoria feita pela IGF à intervenção da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) na deteção e penalização do incumprimento tributário é deixado o alerta: a investigação criminal “carece de um reforço de meios” sobretudo na área fiscal. A entidade recorda que entre 2010 e 2012 os serviços tiveram “um bom desempenho” que ficou patente “na grande descida no número de processos de inquérito pendentes” em fase de investigação nos serviços tributários e antes de serem enviados para os tribunais. É, por isso, essencial reforçar, “tanto quanto possível, os meios adequados à área criminal”.

A AT lançou em Novembro de 2012 um concurso para colocar mais mil inspetores tributários, mas o concurso está ainda pendente devido ao elevado número de reclamações feitas pelos candidatos. Maio tem sido apontado como o mês de início de estágio dos novos inspetores. Um dos objetivos inscritos no memorando de entendimento da ‘troika’ é reforçar o número de inspetores para que passem a representar um terço do total dos funcionários da AT.

A auditoria revela ainda que, no que respeita às contraordenações, os serviços tiveram um bom desempenho, mas foram detetados alguns atrasos na tramitação de processos de alguns serviços de Finanças e sobretudo em três alfândegas, “em que a prescrição poderia estar eminente”. Assim, a AT deve tomar medidas que evitem a prescrição do procedimento contraordenacional e que tornem o regime criminal- -contraordenacional tributário “mais justo e eficaz”.


A falta de recursos humanos já foi reconhecida pela própria Inspecção- -Geral de Finanças que, no seu relatório de atividades para 2014, alertou para a a redução do número de trabalhadores ao longo dos anos e advertiu que podem vir a registar-se dificuldades no desempenho daquele organismo, caso a tendência se mantenha. Também a Direcção-Geral do Orçamento prevê perder este ano um terço dos técnicos superiores, 27 dos quais para o Fisco, onde terão melhores condições salariais na carreira de inspetor tributário

FONTE:

128 comentários:

  1. Início de estágio em maio como, se nem a lista das classificações definitiva foi publicada?

    ResponderEliminar
  2. "Maio tem sido apontado como o mês de início de estágio dos novos inspetores." Isto não me parece que vá acontecer, uma vez que depois de sair a lista definitiva os candidatos vão ter de enviar documentação, depois escolher local de estágio.... Segundo informação da IT estes procedimentos demoram de 1 a 2 meses, a lista ainda continua sem sair, logo não me parece que maio comece o estágio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade o OE 2014 referia os 1000 inspetores no 1º trimestre que já lá vai. Maio seria bom sair a lista final homologada, pelo menos teriamos ideia do inicio.
      Alguém sabe se a lista final sai em DR ou apenas é publicada no site? E tem de ser homologada pelo SE?

      Eliminar
  3. com os novos inspectores estas situações começarão a ser resolvidas.....mesmo sem prática daqui a alguns anos serão capazes de tratar destas situações mais graves de criminalidade fiscal. Urge a necessidade de inicio dos estágios...Maio parece uma prespectiva positiva, esperemos que sim...

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente continuamos sem saber nada do que se está a passar. Colocaram aqui que a informação da AT é de que após homologação da lista os RH irão demorar cerca de 2 meses a preparar o inicio do estágio. Após questionar a AT a resposta é sempre a mesma, ainda estão a analisar as reclamações e não existe data prevista para nada. A APIT tem num comunicado de 31/03 que o estágio iria iniciar final e Abril/inicio de Maio, também já vemos que isto não é verdade e a APIT aqui parece saber tanto quanto os outros e não estar muito interessada em ter novos colegas de profissão. Existe quem preveja Setembro mas também parece especulação pura. Concluindo ninguém sabe de nada e quem sabe estará certamente obrigado a sigilo profissional, e lamentavelmente parece que quem gere o processo esqueceu-se que está a lidar com pessoas que têm famílias e não apenas com papeis.
    Cumprimentos a todos

    ResponderEliminar
  5. Soube de fonte segura que os estágios terão inicio no 13º mês.
    Agora a dúvida é se será junto com o subsídio de férias ou se será naquele mês imediatamente a seguir a Dezembro e imediatamente antes de Janeiro.
    Lanço a questão para ser debatida neste fórum.

    ResponderEliminar
  6. Alguém sabe se o relatório da 11ª avaliação do FMI fala alguma coisa sobre a entrada dos inspectores tributários? Ou se fala apenas da diminuição das repartições de finanças como saiu nas notícias de hoje...

    ResponderEliminar
  7. Alguém sabe se as reuniões já acabaram e se já existe lista final para ser homologada?

    ResponderEliminar
  8. http://expresso.sapo.pt/governo-vai-fechar-50-das-reparticoes-de-financas-ate-ao-final-de-maio=f866457

    ResponderEliminar
  9. A ''última reunião'' parece que afinal nem sequer está prevista uma vez que querem que o novo director geral tome posse antes de saírem os resultados do concurso. A quem estava à espera que o concurso acabasse antes de Setembro pode ir esperando... Enfim, estamos em Portugal e a burocracia reina. E ainda o governo tem a lata de dizer que está a combater a fraude com a entrada de 1000 inspectores quando nem se sabe quando é que isto volta a arrancar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que aqui escrever é muito mau. Tem a certeza do que está a dizer? Ainda não existem sequer previsão para publicarem a lista final?

      Eliminar
    2. Sinceramente se isso for verdade o problema não é a burocracia mas sim quem está com a responsabilidade do processo. Que raio é que uma coisa tem a ver com a outra? Isto é tão importante que tem de ser feito pelo novo diretor mas não é importante para andarem rápido. Se fosse por isso bastava no inicio terem constituído o júri do concurso com outros elementos que não aqueles que podem estar de saida

      Eliminar
  10. Caro Luís Costa
    Não querendo de forma alguma reclamar pelo seu contributo com este blog para todos nós interessados nos comentários que aqui vão surgindo, será que pode atualizar o blog com mais frequência.
    Obrigado
    Pedro Matos

    ResponderEliminar
  11. relatório da 11ª avaliação em :
    http://www.portugal.gov.pt/pt/os-ministerios/primeiro-ministro/secretarios-de-estado/secretario-de-estado-adjunto-do-primeiro-ministro/documentos-oficiais/memorandos.aspx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Considerando a intenção governamental em criar uma tabela salarial única e eliminar os suplementos, conforme consta nos documentos indicados, a carreira de Inspeção Tributária (não revista) e FET como é ficam? Alguém tem alguma "inside information" sobre esta matéria?

      Eliminar
  12. Vamos ter calma e aguardar que seja divulgada rapidamente a lista final definitiva.
    Existem alguns comentários que não têm qualquer fundamento, é só para lançar mais confusão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. parece que houve varios recursos aceites, visto existirem mais do que uma alínea certa e que ha mais cerca de duas centenas de aprovados...

      Eliminar
    2. bem, parece que as coisas estão praticamente concluídas, datas é que nem vê-las

      Eliminar
    3. E isso significa acabaram as análises aos recurso e vão finalmente publicar a lista final? Estamos em MAIO!!!!

      Eliminar
    4. Quer dizer que dos(1500-820) = 680 não provados, 200, ou seja um terço, tinham feito a prova D, falharam a questão especifica e só lhes faltava uma questão para serem aprovados, parece-me difícil. Devem ter sido aceiteis mais reclamações do que me está a dizer. Já agora quem lhe deu esta informação? Como já verificamos existe aqui muito informação falsa só para confundir . . .

      Eliminar
    5. Existe sempre o recurso hierárquico ou a impugnação para quem for prejudicado nesta nova lista. O importante é que a lista saia de uma vez por todas

      Eliminar
    6. Por várias vezes (mesmo oficialmente) admitiram que houve menos de uma centena de reclamações. Como é que de repente vão entrar mais de 200 pessoas na lista? Perfeito disparate.... Este tipo de comentários só serve para gerar confusão....

      Eliminar
  13. o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o Governo, através do Ministério do Estado e das Finanças, dia 29 de Abril.

    1. Como explica este atraso na prossecução do concurso interno para admissão de inspetores tributários estagiários?

    2. Não é intenção do Governo concretizar a contratação de inspetores tributários estagiários?

    3. Por que razão não foi feita nenhuma comunicação ou dada qualquer informação sobre a prossecução do concurso aos candidatos que foram admitidos?

    http://www.beparlamento.net/concurso-interno-para-admiss%C3%A3o-de-inspetores-tribut%C3%A1rios-estagi%C3%A1rios

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,

      De que forma podemos saber a resposta do governo às questões colocadas? é expectável uma resposta em quanto tempo?

      Eliminar
    2. Provavelmente a resposta vai ser a mesma que recebemos quando colocamos questões aos RH da AT, que nada diz. A ultima obtida é exatamente igual ás anteriores, que ainda está a decorrer o processo de análise ás reclamações e após homologação do Sec. Estado é que começa o processo de recrutamento.
      Alguém sabe se afinal isto está parado por causa do novo diretor geral ou se está prevista alguma resolução para breve?

      Eliminar
    3. "Os Deputados podem fazer perguntas e apresentar requerimentos ao Governo e à Administração Pública, estando estes obrigados, por lei, a responder no prazo de trinta dias."
      A resposta será apresentada aqui: http://www.parlamento.pt/ActividadeParlamentar/Paginas/DetalhePerguntaRequerimento.aspx?BID=83589

      Eliminar
    4. A resposta do governo ao BE pode ser dada até 60 dias após colocada a questão. Caso não exista qualquer resposta também não parece ser grande problema. A única coisa a fazer seria insistir nas questões como forma de pressão, mas sempre sem esperar grandes resultados. Hoje os RH da AT reforçaram a informação de que a analise às reclamações continua e depois ainda terá a lista de ser homologada pelo SE e publicada. No mínimo mais 1 mês após concluídas as reuniões!!!
      Como o presidente do Jurí quer sair, não se candidatou a renovação, se não resolver isto antes de sair a coisa ainda piora mais. Afinal de contas Setembro de 2014 começa a parecer um cenário otimista....(que ridículo).
      Por fim e como como existe sempre quem viva bem com o mal dos outros, além de quem faz da fuga aos impostos atividade principal, deve andar aí muita gente satisfeita com tudo isto

      Eliminar
  14. http://www.publico.pt/economia/noticia/tres-comissoes-de-reforma-fiscal-em-tempo-recorde-1634543

    ResponderEliminar
  15. Bom dia a todos,

    E assim chegamos a Maio. Será que vai ser este mês que vamos ter novidades?

    ResponderEliminar
  16. Concurso para Diretor Geral vai ser repetido!!!

    Sinceramente se estiverem à espera do novo diretor para concluírem isto, estamos perante uma enorme brincadeira de mau gosto

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde a todos. Esta brincadeira vai continuar por mais 5 meses ou alguém sabe se já finalizaram as listas? Ninguem responsável percebe que as pessoas estão desesperadas, precisamos de saber se vamos mudar de cidade, se temos de procurar infantários para os nossos filhos. Lamentável a forma e o ânimo leve com que estão a tratar tudo isto. Pf que digam qq coisa, mostrem alguma consideração e resteito

    ResponderEliminar
  18. As notícias que me chegaram hoje são tudo menos animadoras.

    A questão é neste momento política e prende-se com o facto de cerva de 400 admitidos serem já funcionários do fisco (das repartições de finanças) e não ser possível neste momento perder 400 TATA's sem que isso traga problemas graves aos serviços.
    (Ainda há pouco tempo o Marques Mendes informou que não íam fechar repartições de finanças e só assim seria possível andar com isto para a frente). Também já se tinha falado que só a DGO também ía perder 16 funcionários para a inspecção e não queriam que isso acontecesse... Enfim, não há vontade de cumprir promessas nem compromissos do memorando.

    O Director Geral não admite perder estes 400 TATA's e a coisa parou por causa disto.

    Mais uma reforma prometida no OE 2014 que vai ser adiada até um dia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for verdade é no mínimo inacreditável, mas era suposto os candidatos admitidos serem da maioria do setor das pescas ou agricultura!!! Fizeram agora as contas depois de meses de estudo e de sacrifício pessoal.
      Desculpe a insistência mas tem a certeza que é esta a possível razão?

      Eliminar
    2. Não pondo em causa o estudo que fez e as competências que tem cada candidato, admitidos ou não a este concurso, a verdade é que muitos desse 400 TATA´s foram beneficiados pelo curso de preparação que o sindicato lecionou, tendo em conta que esse, pelo menos ao nível de análise financeira era tão especifico ao ponto de só abordar o que na prova saiu. E pelo menos metade da prova era sobre esta matéria! Por isso, queixam-se de quê?! Não era isso que queriam?

      Eliminar
    3. Estas noticias a confirmarem-se são péssimas mas parece que o plano de encerramento das repartições continua segundo escreve hoje o jornal de negócios, haja coragem politica para cumprir com os compromissos e pode ser que isto ainda se concretize.

      Agora o argumento é de que "As repartições de finanças não podem fechar porque são serviços essenciais de proximidade", e quem o diz gere este país, sendo visíveis as provas do excelente trabalho feito pela elite da sociedade portuguesa nos últimos anos!!!! A sério!!! Essenciais!!! Percebo os correios, postos médicos, creches, lares de terceira idade entre muitos ouros serviços.... mas repartições de finanças em zonas com algumas centenas de pessoas, creio que aqui é possível fazer uma "gestãozinha" que beneficie o bem geral. Na zona onde vivo fechou uma à alguns anos atrás e foi o mesmo, se existe coisa que os idosos agora sentem falta é a repartição de finanças, era um bom sitio para parar e ir alternando com o centro médico. Pensando bem abriu lá um café e vai dar ao mesmo e agora até têm mesas para jogar as cartas.

      Quanto à DGO que tem dezenas de funcionários a mais (bastava reduzir na burocracia e ficheiros de excel que não servem para nada) resolveram agora marcar posição. E se vão ficar sem funcionários abram concurso, a massa salarial de certeza que não aumenta com substituição de funcionários.

      Resta-nos a esperança que os governantes mantenham a palavra e cumpram os compromissos do memorando, e resolvam isto de uma vez por todas, melhorem de a estrutura da AT e a capacidade de impedir a fuga aos impostos em Portugal... afinal ainda acredito que continua a ser esse o grande objetivo

      Eliminar
    4. Eu dei-me ao trabalho de pesquisar um a um a situação de cada um dos candidatos admitidos (até tenho o número exacto, que poderei concretizar noutra altura), e cheguei à conclusão que são bem mais do que 400 TATA's, muito mais!!!
      Já numa ocasião comentei que a situação de encerramento ou não de Serviços de Finanças está intimamente ligada com todo este procedimento concursal. Considero que a questão das reclamações não passa de um motivo que serve unicamente de desculpa da Administração e da tutela (é óbvio que se houvesse vontade política ou outra, o processo de tratamento já estaria mais avançado e/ou em vias de resolução!!! Já aconteceu mais celeridade noutros concursos).
      Metam uma coisa na cabeça: Enquanto não ficarem resolvidas as questões associadas ao encerramento de serviços e situações conexas, bem podemos ir esperando!!!

      Eliminar
    5. Faz sentido mas espero que não dependa disso. Por outro lado a reforma da at deve avançar, agora se o proprio diretor geral n é defensor a coisa fica complicada. Nas enfim, especulações

      Eliminar
    6. A DGO tem enviado anúncios de mobilidade para DR. Será que tem a ver com isto? é que o numero de pessoas é bastante inferior àqueles que se falam que poderão ir para a AT

      Eliminar
    7. Impressionante, como é possivel isto estar a acontecer. Bem me parecia que chegar a algum sitio por mérito próprio era bom demais...

      Eliminar
    8. Parece que se confirma...
      Governo garante que "nenhuma" repartição de finanças encerrará

      19/05/2014

      Afinal "nenhuma" repartição de finanças vai fechar. O Governo apresentou um plano alternativo de reorganização dos serviços de atendimento ao público e a troika aceitou deixar cair a medida que previa o encerramento de metade das repartições e que estava a gerar muita polémica.

      No dia em que o Governo entregou aos autarcas as suas propostas de reorganização dos serviços de atendimento da Administração Pública, fonte oficial do Governo garantiu ao Negócios que "não haverá extinção de repartições de finanças". "Nenhuma repartição encerrará", reforçou a mesma fonte. Ao invés disso haverá uma reorganização, o que implicará "mudanças de funções" para os funcionários, mas não despedimentos.

      Mas apesar de o Governo dizer que não encerrará nenhuma repartição, a verdade é que no documento entregue às autarquias, esta segunda-feira, está prevista, tal como o "Observador" noticiou, a criação de um sistema de transporte "Porta-a-Porta" – uma rede de serviços públicos de transporte de passageiros para aproximar as pessoas dos serviços. Segundo o "Observador", as pessoas vão poder marcar a hora e o trajecto que precisam de percorrer para se deslocarem até determinado serviço. Se forem poucas pessoas o transporte (sempre gratuito) pode ser feito de táxi, caso contrário o programa disponibiliza carrinhas ou autocarros.

      Além desta novidade, que está aliás a ser testada no município de Mação, o Governo propõe ainda criar "carrinhas de serviço público", e que consistem basicamente em "mini Lojas do Cidadão" ou "Espaços do Cidadão móveis", em zonas de menor densidade populacional.

      De acordo com o mesmo jornal online, o novo modelo estratégico implica ainda a concentração dos serviços de atendimento em Lojas do Cidadão que existirão em cada concelho.

      Poupanças podem chegar aos 127 milhões anuais

      No início de 2014 o Estado contabilizava um total de 13 mil equipamentos e serviços públicos, mas desses só 2.000 se dedicavam ao atendimento público, com um custo para os cofres públicos de 800 milhões ao ano, de acordo com o documento que foi levado a Conselho de Ministros no dia 8 de Maio, e a que o Negócios teve acesso. De acordo com esse mesmo documento, a poupança anual estimada em ano cruzeiro com esta reorganização dos serviços poderá atingir os 127 milhões de euros.

      As linhas mestras desta estratégia de reorganização são a integração e partilha de espaços físicos, a criação de uma rede de suporte administrativo agregado (back-offices) e a criação de uma rede complementar de atendimento digital assistido, o chamado Espaço do Cidadão.

      De fora desta reorganização ficarão as funções de soberania (defesa, forças de segurança, prisões e tribunais), bem como serviços sociais, como o ensino, a saúde e a acção social. Isto porque nestes serviços, nomeadamente os sociais, estão em curso reformas específicas de reorganização da rede.

      Contactado pelo Negócios, o vice-presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Ribau Esteves, recusou-se a divulgar o estudo, dizendo que a associação se "comprometeu com um período de reserva" perante o Governo. À Lusa, um membro da estrutura da ANMP, disse desconhecer ainda o teor do documento, que "por ser longo" foi remetido para os técnicos da associação.

      Eliminar
    9. É de ir às lágrimas o que se lê aqui... Se a reforma da at fosse para avançar não se criavam comissões de avaliação... Da DGO estão aprovados 30 trabalhadores... E 1000 inspectores fazem tanta falta à. AT como a sarna aos senhores

      Eliminar
    10. A especulação só leva a isto! Ignorância!
      Não existem fontes seguras, não existem mensagens ocultas ou reuniões marcadas!
      As contradições são gritantes.
      E o que os "senhores candidatos" fazem chama-se "TERRORISMO" e alguns auto flagelação!

      Alguns então demonstram um total desconhecimento do funcionamento dos Organismos... outros ditam sentenças... a melhor é a da DGO (para os incautos Direção Geral do Orçamento) ter dezenas de trabalhadores a mais... se calhar o anónimo que o afirma é um deles.. e não são 16 daquele Organismo... são cerca de 30 num universo de sensivelmente 150 trabalhadores constantes do mapa de pessoal.
      Não se desgastem TRABALHEM nos postos de trabalho que ocupam.
      Também vos digo que a Autoridade Tributária e Aduaneira precisa tanto de 1000 inspectores como o cão precisa de sarna para se coçar!

      Eliminar
    11. Isso da sarna para se coçar é muito engraçado. Quanto ao resto de facto existe aqui muita gente a rir-se dos outros, você deve ser um desses que está a achar muita piada a tudo. Por outro lado existem coisas que não têm tanta piada considerando que estamos a lidar com pessoas e com a vida delas... enfim

      Eliminar
    12. Existem de facto muitos comentários desnecessários neste blog contra os quais não vale sequer a pena argumentar ou dar importância e o seu é apenas mais um deles, enfim....

      Eliminar
  19. Bom dia a todos
    Os comentários no blog estão muito calmos, será que ninguém tem ouvido mais nada de "fonte segura" acerca do final das reuniões e publicação da lista final? Todos sabemos que vale de pouco mas pelo menos era sinal que a coisa não parou definitivamente...

    ResponderEliminar
  20. Boa tarde

    Maio foi uma data que se falou como o possível mês de saída da lista final. Alguém sabe se é expectável que tal aconteça? No caso do concurso estar dependente do novo diretor geral, tal como aqui já foi várias vezes dito, só no final do ano é que devem haver novidades.

    Seria importante esclarecer este facto, será que alguém sabe de algo acerca do assunto?

    Já não acredito que a burocracia seja a razão de tamanho atraso sobre um assunto de tal importância.


    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo visto a causa não é burocrática, é bem pior...

      Eliminar
  21. Hoje foi republicado o concurso para Diretor Geral da AT em DR.
    Espero que o concurso não esteja dependente do novo DG.
    O atual é o presidente do júri e um novo pode nem sequer estar a par do que se passa no processo que parece ser bastante complexo.

    ResponderEliminar
  22. À semelhança do comentário tecido pelo nosso PR comentou relativamente à 7ª avaliação da "Troika", não posso deixar de o citar (tendo em conta a data da publicação em DR):
    Seria uma “inspiração de Nossa Senhora de Fátima” isto estar resolvido antes de setembro ou até mesmo antes do final do ano...

    ResponderEliminar
  23. Boa tarde,
    "Não temos qualquer indicação por parte do júri relativamente à conclusão da apreciação das alegações ao projeto de classificação final, nem à consequente remessa da lista para homologação"- foi a resposta obtida quando questionei, via email a DSGRH, acerca do ponto da situação deste concurso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, já devem ter o texto tipo para enviar a quem questiona porque é sempre a mesma resposta. Tenho uma igual todos os meses, em Junho devo ter outra dessas, mas antes perguntar do que deixar andar como se esta situação não me afetasse

      Eliminar
    2. Solicitei também o ponto de situação do procedimento à DSGRH - DRM - Divisão de Recrutamento e Mobilidade e a resposta foi (e tem sido sempre muito semelhante):

      "Bom dia

      Em resposta ao esclarecimento solicitado informa-se que estão ainda a ser apreciadas pelo júri do concurso as alegações apresentadas pelos candidatos ao projeto de classificação final, com vista à homologação da lista de classificação final a qual poderá sofrer alterações face à lista inicialmente divulgada, não havendo qualquer previsão sobre a data em que tal possa ocorrer.

      Por esta razão não é possível ainda indicar a data previsível para inicio do período experimental ou os locais onde serão colocados, pois apenas após a publicação no Diário da República do Aviso referente à homologação da lista de classificação final, estarão os serviços em condições para iniciar os procedimentos para admissão ao período experimental dos candidatos aprovados que se encontrem dentro das vagas.

      Mais se informa que assim que haja informações adicionais relevantes para os candidatos sobre o concurso e admissão ao período experimental as mesmas poderão ser consultadas na página da internet da AT."


      Não coloquem aqui informações que não sejam fidedignas uma vez que pode levar a falsas interpretações e a espera está a ser angustiante o suficiente mesmo sem esse tipo de "ajudas".

      Eliminar
  24. Podem ir desistindo da ideia de serem inspetores, comenta-se que o concurso vai por água abaixo e só foi feito para calar bocas... fonte +- segura!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao longo do ano temos ouvido de fontes seguras que ia ser em março, depois em abril depois em junho e iríamos de férias para as bahamas, que estava tudo analisado e havia mais 200 aprovados e depois em setembro e agora pelo vistos é para "calar bocas"!!!!. Isto realmente deve divertir muita gente. Eu não acho graça que brinquem com as pessoas e as suas famílias e estou certo que não sou o único, por isso, por favor, coloquem apenas informações que sejam de facto relevantes.

      Eliminar
    2. Que conversa é essa? E que "fonte" +- segura é essa?

      Eliminar
  25. Solicitei informação ao DSGRH - DRM relativamente à publicação das listas de classificação final e a resposta é sempre a mesma "...não havendo qualquer previsão sobre a data em que tal possa ocorrer". Relativamente ao concurso para Diretor Geral intervir no concurso para IT a resposta é a seguinte: "Mais se informa que o presente concurso não está dependente de qualquer outro procedimento concursal".

    ResponderEliminar
  26. e o Godzilla está aí a estrear

    ResponderEliminar
  27. A lista será publicada esta semana (fonte segura).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais um engraçadinho

      Eliminar
    2. Espero que sim.... pelo menos para nos livrarmos de toda esta especulação que está a por em causa tanta coisa!

      Eliminar
    3. E lá temos mais uma fonte segura... é lamentável que alguém perca o seu tempo e faça os outros perdê-lo com este tipo de informação! A semana acaba hoje e, mais uma vez, sem qualquer informação válida. Enfim...

      Eliminar
  28. E que fonte segura é essa?

    ResponderEliminar
  29. Bom dia
    Afinal não vão encerrar repartições mas vai existir uma reestruturação mais global de serviços públicos, isto não vai dar ao mesmo?
    Alguém sabe se é esta reestruturação que vai provocar o desenvolvimento deste concurso ou não tem nada a ver uma coisa com a outra?

    ResponderEliminar
  30. Bom dia

    Alguém sabe se o atual DG da AT pretende levar isto até ao fim ou vai sair e quem vier atrás que feche a porta?

    ResponderEliminar
  31. Existem aqui pessoas que brincam com toda esta situação.
    Será porque não tiveram a capacidade de ficar incluídos na lista provisória?
    Vamos manter a calma.

    ResponderEliminar
  32. 11º relatório FMI
    Revenue Administration
    .
    Recent steps by the authorities to curb tax evasion and improve
    compliance included hiring
    approximately
    1,000 new tax auditors
    and
    making the Compliance
    Risk Management Unit
    fully operational
    last February
    .
    Next steps g
    oing forward
    involve
    the
    authorities

    plan to establish a dedicated Taxpayer Services Department in 2014, with the goal of
    unifying most taxpayer services and improving the taxpayers’ relationship with the tax
    administration.


    vamos ver se mantém no 12º

    ResponderEliminar
  33. Kevin Friesenbichler assina pelo Benfica. Fonte segura

    ResponderEliminar
  34. O DG disse pessoalmente que esta semana haveria novidades. Portanto, quero acreditar que sim. Vamos aguardar com serenidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era bom que surgissem novidades o mais rápido possível

      Eliminar
    2. Bom dia. Refere-se a declarações de conhecimento publico? Ou é que se diz na sede?

      Eliminar
    3. Bom dia,

      Creio que terá ouvido isso sem ser em declarações de conhecimento publico.

      Obrigado, ficaremos a aguardar novidades.

      Eliminar
    4. Disse pessoalmente onde e a quem? Em que semana é que haverá novidades?? Pk na semana de 22 de maio não foi!

      Eliminar
    5. Caro "Anónimo de 22 de Maio de 2014 às 20:51", vejo este seu comentário e reforço a questão de quando é que o DG disse isso? Mais ninguém que conheça ouviu nada.
      O que diz é a verdade ou também está a achar piada a tudo isto?

      Eliminar
    6. Para o anónimo de 22 de Maio de 2014 às 20:51. Este seu comentário é uma brincadeira ou o DG disse mesmo isso?

      Eliminar
    7. É muito feio divulgar conversas pessoais

      Eliminar
    8. Estava a falar deste concurso ou do outro em que realmente ouve novidades? Se entretanto o DG for substituido terá de ser alterado o Jurí e sempre é uma novidade

      Eliminar
  35. http://economico.sapo.pt/noticias/se-novo-concurso-falhar-financas-escolhem-director-dos-impostos_194232.html

    ResponderEliminar
  36. http://www.publico.pt/economia/noticia/ha-33-candidatos-na-corrida-a-lideranca-do-fisco-1637768

    ResponderEliminar
  37. Noticia do Económico sobre o concurso a Diretor Geral
    http://economico.sapo.pt/noticias/ha-33-candidatos-a-directorgeral-do-fisco_194405.html

    ResponderEliminar
  38. Novidades, novidades só deveremos ter lá para setembro... agora começa o gozo das férias e não haverá novidades nenhumas com certeza :(

    ResponderEliminar
  39. Disseram-me que o jurí terá reunido ontem

    ResponderEliminar
  40. Só mesmo em Portugal…..
    Portugal no seu melhor, é lamentável.
    Podiam ao menos respeitar as pessoas, mas nem isso!

    ResponderEliminar
  41. mas as férias vão de junho a setembro? Tb quero ir para a AT...

    ResponderEliminar
  42. Então a lista não estava para sair semana passada? Quem escreveu isso aqui tem alguma coisa a acrescentar acerca do mesmo, será que semana passada foi enviada para o SEstado?

    ResponderEliminar
  43. A ultima informação é de que está previsto, reforcemos aqui o previsto, que as reclamações sejam concluídas até final de Junho. Mas isso não significa muito dado que concluir as reclamações não significa a promulgação por parte do SEstado nem a publicação da lista.

    Quanto a datas antes de Setembro não deve começar nada infelizmente.

    Quanto ao BE informaram que não têm qualquer resposta e vão insistir no assunto assim que tiverem oportunidade junto do Ministério. Se calhar mais pessoas a demonstrar o interesse da questão junto dos nossos deputados aumentaria a importância da mesma.

    Qualquer outra informação será pura especulação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual é a sua fonte de informação quando indica que se prevê que as reclamações estão concluídas até final do mês? E o concluídas significa "tratadas internamente" ou tratadas e respondidas? As minhas questões prendem-se com o facto de terminar a sua mensagem "qualquer outra informação será pura especulação" dando a ideia de que reforça que a sua informação é mais fidedigna.

      Eliminar
    2. Sim, é informação da at que já é do conhecimento dos rh e que me foi dada em resposta a email enviado ao sti

      Eliminar
  44. Estou a ficar um pouco cansada desta espera, 6 meses passaram e nada, nem uma explicação para tal atraso....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os RH informaram hoje que a listagem final sai até ao fim do mês (pelo menos é essa a intenção do jurí mas há um problema com os prazos de publicação do DR após a lista ser homologada).

      Parece que é desta...

      Eliminar
    2. Boa tarde,
      A informação do RH foi em resposta a algum e-mail? Sabe se à data de hoje a lista já foi enviara para homologação?
      Homologação e publicação em DR deve demorar algumas semanas, a não ser que coloquem a lista no site como fizeram com a provisória e depois sai o aviso em DR.

      Eliminar
    3. Espero que esteja certo, estamos a meio do mês e era bom que ficasse esta lista resolvida em junho, e em julho saíssem as datas para o inicio. Espero que quem saiba mais alguma coisa com o minimo de certeza vá atualizando aqui no blog. Obrigado

      Eliminar
  45. Trasncrevo o que consta no comunicado nº 6 do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos ---- http://www.stimpostos.pt/

    Estágio na Inspecção Tributária
    Segundo informação da administração, a lista final será remetida ao Secretário de Estado entre esta semana e a
    próxima e o estágio, dentro dos prazos previsíveis, poderá ter início entre Setembro e Outubro. Reforçamos a
    necessidade de permitir que os estágios se realizem por todo o País, poupando assim gastos desnecessários ao
    nível financeiro e prejuízo familiar para os candidatos aprovados. Se há possibilidade logística de proteger os
    trabalhadores e as suas famílias, para que criar dificuldades acrescidas?


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://www.stimpostos.pt/images/comunicado_n_6_2014.pdf

      Eliminar
    2. Já tanta coisa se disse....e continua por sair a lista com a classificação final...

      Eliminar
    3. Mais alguém consegue confirmar esta informação de que este mês sairá a lista final? Já foi homologada pelo Sec de Estado?

      Eliminar
    4. http://www.stimpostos.pt/index.php/2012-11-26-15-32-18/comunicados/1026-comunicado-n-6-2015

      Eliminar
  46. Deixo aqui o email recebido da AT (18.06), referente ao concurso:
    Bom dia

    Em resposta ao esclarecimento solicitado informa-se que se prevê que até ao final do presente mês seja publicado no Diário da República o Aviso referente à homologação da lista de classificação final, bem como a divulgação no portal das finanças de informações adicionais referentes aos procedimentos seguintes.

    Com os melhores cumprimentos

    Patrícia Godinho
    Técnica Superior



    Direção de Serviços de Gestão de Recursos Humanos
    Divisão de Recrutamento e Mobilidade
    Rua do Comércio nº 49 4º 1149-017 Lisboa
    Tel: 218823195
    Ext: 2195
    Voip: 141195

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje enviei um pedido de esclarecimentos sobre a situação atual deste procedimento e a resposta, dada ao fim de 1 hora, foi exatamente essa!

      Eliminar
    2. Boa tarde

      Recebi a mesma resposta hoje da DSGRH. Para ser publicada até final do mês ou já foi enviada para DRE ou vai ser enviada brevemente, esperemos até à primeira semana de Julho.



      Eliminar
  47. Bom dia

    Já existem comentários de que a lista final estará prestes a sair. Mais alguém consegue validar esta informação? Alguém recebeu algum e-mail dos RH da AT com esta informação?

    ResponderEliminar
  48. Bom dia

    Alguém sabe se a lista foi já enviada para homologação? Estamos a chegar ao final da semana e não falta muito para o final do mês.

    Obg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A lista vai sair para a semana, pelo menos foi o que me disseram ao telefone! e também as instruções do seguimento do processo!

      Eliminar
  49. http://www.stimpostos.pt/images/comunicado_n_6_2014.pdf

    recebi tb por email a mesma informação , que até fim deste mês será publicado

    ResponderEliminar
  50. A lista já foi homologada, cfr. DRE de 23/06/2014, Aviso n.º 7327/2014.
    Agora apenas falta a divulgação da AT.

    ResponderEliminar
  51. https://dre.pt/pdf2sdip/2014/06/118000000/1617616177.pdf
    Finalmente saiu!

    ResponderEliminar
  52. https://dre.pt/pdf2sdip/2014/06/118000000/1617616177.pdf
    Já está em DR, mas a esta hora no site das Finanças ainda não está, ainda não se consegue ver as listas... como o site esteve em manutenção atrasou. Pelo menos já vemos luz ao fundo do túnel!

    ResponderEliminar
  53. Já saiu a classificação final no site das finanças :)

    ResponderEliminar
  54. Já Saiu em DR vejam no site

    ResponderEliminar
  55. Finalmente! Houve mexidas consideráveis em alguns casos... para mim já é indiferente, só quero é ir para estágio o mais rapidamente possível!
    Boa sorte a todos.

    ResponderEliminar
  56. Respostas
    1. Admiti q estava à espera de 2 a 3 meses. Mais q este periodo parece demasiado. Os RH são até bastante rápidos no que fazem. O que também não saiu foram as vagas para estágio, será que ainda vão definir isso?

      Eliminar
  57. Bem, as listas finais já foram publicadas... espero bem que hajam vagas de estágio para Faro!!!

    http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/at/recrutamento.htm

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Faro acho que são 10 vagas... no documento que vi à uns tempos e que não sei se sofreu alterações.
      Espero que dê para mim que estou entre 480 e 490.

      Eliminar
    2. Já aqui no blog falaram num documento onde estava um numero previsto de vagas. Que documento é esse?

      Eliminar
    3. Que documento é esse que "viu"?

      Eliminar
    4. Não é um "documento", mas um comentário de um colega "Anónimo" onde para as 900 vagas da ref. A apontava "off the record" um cenário de distribuição pelo país...

      Eliminar
    5. Não há nada definido em termos de vagas. Não vão na conversas destes senhores que parece que têm 5 anos e estão na escola primária. O documento que existe é sobre vagas efetivas, e em Faro são 80. A contar com os que já lá estão.... No estágio não se ocupa vagas, por isso o juri pode decidir colocar os estagiários que quiser, em cada distrito. Tenham calma e não vão na conversa de todas as Zé Marias que não têm mais nada que fazer!

      Eliminar
    6. Era a lista das vagas... isso já foi aqui publicado. Acho que eram 10 mas já não tenho a certeza. Mas isso está por aí publicado. (em Lisboa eram 450 ao todo).

      Eliminar
  58. Finalmente saíram ! afinal nada de anulação e concursos e outras bacoradas que por aí se ouviram ! Agora resta-nos esperar pelos referidos mais e cartas.
    Pelo que percebi do ponto 2 do Aviso, o estágio/curso será feito em vários serviços, será que nos vão espalhar pelo País, de forma a permitir que todos frequentem o curso ou os serviços de que falam serão os "normais" em Lisboa ? qual a vossa opinião ? "cabemos" todos em Lisboa/Santarém/Setúbal ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro colega e agora penso já poder já poder chamá-lo assim, da leitura que faço parece-me que o estágio poderá ser realizado nas diversas direções e eventualmente em serviços de finanças locais (sei que com os IT de Direito parte do estágio foi realizado nas repartições de finanças).
      Vamos lá todos de férias descansados e aguardemos pelas novas da DRH.

      Eliminar
    2. Colega só mesmo no final do curso feito e que sejamos aprovados e, pelo menos na parte que me toca, se houver vagas finais no Algarve, mas pronto, quanto mais não seja, colegas na FP.Pois, espero que hajam vagas para estágio espalhadas pelo País de forma a que ninguém seja impedido de ir fazer o curso por ter de se deslocar centenas de kms de casa. Resta esperar até setembro e depois até ao final do ano...

      Eliminar
  59. Não era suposto as vagas de estágio terem já os locais definidos? Até mais 6 meses para inicio!! Os RH costumam ser bastante rápidos, alguém percebe porque pode ser necessário tanto tempo.

    ResponderEliminar
  60. Ainda bem que saíram as listas finais. Agora esperemos, mais uma vez...

    ResponderEliminar
  61. Boa tarde,
    Já algúem recebeu o email a notificar para apresentação de documentos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A resposta dos RH vem indicar o presente mês para notificar os candidatos.

      Eliminar